Pages

29 de jan de 2011

ESTA SEMANA ESTOU AMANDO RS ,POR ISTO OS POSTS SENSUAIS E POEMAS TB ,AMAR E LINDOOO /DEA

DESCULPEM TDS VCS MEUS LEITORES E LEITORAS PELOS POSTS TÃO SENSUAIS VIU RS MAS ,estouuuuuuuu AMANDOOOOO MUITOOO E O AMOR FAZ DESTAS COISAS NOS DEIXA BOBOS E IDIOTAS RSRS BJUSS E BELISSIMO FINAL DE SEMANA A TDS VCS, e AMEMMMM MUITOOOOO RSRS BJUSS MILL NOS CORAÇÕES DE CADA UM DE VCS QUE SÃO MEUS LEITORES /DEA ROS

CASTELO DE AREIA ,POR EDUARDO BAQUEIRO,/DEA

Colei meu corpo ao seu,
apertando-o deliciosamente...
Teu jeito safado pedia para não parar
Tua pele, exalando o cheiro de fêmea,
me deixava desnorteado...
Quando colei minha boca na tua
perdi a compostura
Rasguei teu vestido para sentir o calor
de teu peito
Minhas mãos, inquietas,
desejavam tocar tuas curvas
Tentava, em vão, decorar teus segredos
Quase perdia a consciência enroscado
em teus braços
Se pudesse, te prenderia eternamente
em meus braços,
Gozando do prazer de dividir com você
este doce momento
Quando minha menina se transforma
na loba sedenta
Louca para saciar sua fome,
louca para ser possuída
E eu me transformo no menino vadio
que ela adora
Satisfazendo suas vontades
e dizendo palavrões ao pé do ouvido
Cada gesto, cada palavra,
cada toque a excita ainda mais...
Aos poucos nos perdemos dentro do outro
Um desejo, uma intenção, um só tesão
Somos duas crianças na beira de uma praia
construindo castelos de areia.
Cada uma desejando fazer o maior castelo
Esperando que as ondas do mar os carregue
para restar apenas a alegria....
Somos apenas paixão
Somos dois corpos fundidos em um só desejo
Numa ânsia louca de saborear cada momento,
cada ato, cada sensação
Depois, exaustos ainda resta o
calor de nosso corpos
para nos aquecer pela noite a dentro
Nenhuma palavra, nenhum olhar,
somente o calor dos corpos
de duas almas errantes

FERA !!!!!!!!!/DEA

Fera

Eduardo Baqueiro

Venha minha fera!

Venha possuir tua menina...

Sinto sede de teu corpo,

Desejo ardentemente ser possuída...

Quero sentir tua língua percorrendo

meu corpo.

Quero que este tesão se expanda.

Que eu me torne somente sua.

Quero me entregar para você!

Meu menino, meu homem safado...

Vem, se enrola em meu pescoço

Me ame, me possua, me satisfaça.

Leva contigo este tesão que me enlouquece.

Quero pertencer somente a você.

Quero me deliciar de teus carinhos.

Sentir teu sexo invadindo meu corpo,

Gemer em teus braços...

Ah menino safado que me enfeitiça!

Vem e satisfaça tua fêmea que te ama.

Diga dentro de meu ouvido que me pertence

assim como te pertenço!

Vem menino de minha vida...

Solta esta fera presa em teu peito.

Possua tua menina que te espera ansiosa.

Deixe-me chorar de prazer sentindo

você dentro de mim!

Enche minha boca com tua boca.

Sufoca esta fome que sinto por você.

Mata esta saudade que tenho de teu corpo,

Deste teu cheiro, de tua voz...

Vem meu menino...

Deixa-me sentir teu corpo beijando

meu corpo.

Deixa-me gozar neste sexo gostoso.

Deixa-me satisfazer esta sede

que sinto de você.

Deixa...

Casualidades

Eduardo Baqueiro



Quero experimentar teu corpo

Aperta-la de encontro ao meu peito

Observa-la tremendo ao contato de minha boca

Deixar minhas mãos se perderem

ao contato de teu corpo

Registrar mais uma vez tuas curvas

Como se fosse possível decora-las

Quero tirar suas vestes como se fosse

a primeira vez,

Devagarzinho e desajeitado

Quero desnudar teu corpo como saboreando

um bom vinho

Cada pedaço de teu corpo atiçando meu tesão

O tempo parece parar para nós,

neste momento

Nada mais importa, alem de nossos corpos

perdidos dentro do outro

Uma doce loucura, misturada com travessura

O contato de nossos corpos nus

A nossa musica tocando ao fundo

Um só desejo no ar

A vontade de se entregar totalmente

Bocas perdidas tentando acompanhar em vão

nossas mãos

Corpos suados, vozes roucas soltas ao ar

Cada palavra, cada gemido me embriaga

Sou teu lobo com fome de tua carne

Neste momento esqueço de tudo

Somente você importa neste momento

Mordo teu corpo, deixando minhas marcas

Gozamos até nossos corpos permitirem

Mas o desejo ainda continua dentro de nós

Um desejo de sempre possui-la

e ser possuído

De ser teu dono e ser teu menino

Este desejo de ser sempre teu amante

Dormimos agarrados na esperança

de recomeçar nossas caricias

Deixar o amor fluir novamente

dentro de nós.

Desejos Eduardo Baqueiro/DEA


Desejos
Eduardo Baqueiro
Há uma chama que incendeia meu sexo...
Um fogo alimentado de saudades de teu corpo
Sou safada! Sim, do jeito que você sonha
Do modo que me sinto bem...
Contigo na cama sou o que você desejar
Minha pele clara namora tua pele morena...
O suor que sai da nossa pele se mistura
como um tempero irresistível...
É um vício que não consigo resistir!
Não sei se te domino ou sou dominada...
Não importa! Sei apenas que me satisfaço
entrelaçada nos seus braços
enroscada nas tuas pernas e
penetrada pelo teu sexo...
Homem que me pertence em segredo,
venha me ver esta noite!
Venha satisfazer esta minha vontade!
Tua menina está molhada de desejos
Querendo seus beijos, teus carinhos e teu sexo
Vem amor! deixa de fazer hora!
Vem satisfazer tua menina que, hoje,
está mais para loba...
Hoje serei a mulher mais safada que já teve...
Faça de mim seu bicho de estimação
Me prenda nos seus braços e me aperte,
deixa-me satisfazer todas minhas vontades
Apaga meu fogo que queima sem parar...
Meu quarto está vazio sentindo tua falta!
Somente tua presença pode afagar meus desejos
Vem, safado, satisfazer tua menina sedenta
que não vive mais sem você!
Que vive somente para você!
Vem!...

MAR E LUA !!!!!! CHICO BUARQUE / DEA

Chico Buarqueé

Mar e lua

Amaram o amor urgente
As bocas salgadas pela maresia
As costas lanhadas pela tempestade
Naquela cidade
Distante do mar
Amaram o amor serenado
Das noturnas praias
Levantavam as saias
E se enluaravam de felicidade
Naquela cidade
Que não tem luar
Amavam o amor proibido
Pois hoje é sabido
Todo mundo conta
Que uma andava tonta
Grávida de lua
E outra andava nua
Ávida de mar

E foram ficando marcadas
Ouvindo risadas, sentindo arrepios
Olhando pro rio tão cheio de lua
E que continua
Correndo pro mar
E foram correnteza abaixo
Rolando no leito
Engolindo água
Boiando com as algas
Arrastando folhas
Carregando flores
E a se desmanchar
E foram virando peixes
Virando conchas
Virando seixos
Virando areia
Prateada areia
Com lua cheia
e à beira-mar

Vem morrer vivendo nos meus braços !!!!!! DEA


Vem morrer vivendo nos meus braços



Vem morrer vivendo nos meus braços
Preenche com meu colo teus espaços
Do avesso do meu não, faz o teu sim
Vem poetar de amor dentro de mim

Grita o aroma rubro do desejo em flor
Perde teu gosto fulvo desta pele em cor
Pensa nas sombras de gemidos vãos
E faze de meus lábios tuas mãos
Sente meu toque no teu toque exangue
Vive meu gozo em teu próprio sangue

Dá-me teu beijo para que eu afague
Dá-me teus olhos para que eu me afogue
Teu pensamento onde minh'alma cabe
E que meu corpo no teu corpo acabe

Me leva !!!!!!!! DEA

ME LEVA

Me leva
por caminhos de amor e prazer
Se inflame na chama do meu corpo
Me sufoca
Me enrosca
De forma natural
se entregue
Me pega
Me laça
Me abraça
Vem me induzir aos seus anseios
e aos meus desejos tão loucos
que aos poucos vão nos consumindo
de tanto amor e prazer
Eu quero seu amor a qualquer preço
Quero que você me tenha por inteiro
Quero seus beijos ardentes
tão doces... tão quentes...
e me embriagar no perfume do seu corpo
para que possamos viajar
nesse amor tão bonito

MENINA ,MULHER,AMANTE/ DEA


MENINA, MULHER AMANTE


Menina, mulher amante,
com seus olhos brilhantes,
quero ter você por um instante,
e beber teu prazer constante...
Beijar o teu corpo gostoso,
lamber seu pescoço,
e ser grudento aos poucos...
Se te quero tanto assim,
nesta ilusão tão ruim,
é porque para mim,
és um castigo sem fim...
Na minha serra querida,
tu és a minha guia,
te quero nua de dia,
nem que seja por fantasia...

Poeminha de louvor ao “strip-tease” secular (Millôr Fernandes)DEA

Poeminha de louvor ao “strip-tease” secular (Millôr Fernandes)

Eu sou do tempo em que a mulher
Mostrar o tornozelo
Era um apelo!
Depois, já rapazinho, vi as primeiras pernas
De mulher
Sem saia;
Mas foi na praia!

A moda avança
A saia sobe mais
Mostra os joelhos
Infernais!

As fazendas
Com os anos
Se fazem mais leves
E surgem figurinhas
Em roupas transparentes
Pelas ruas:
Quase nuas.
E a mania do esporte
Trouxe o short.
O short amigo
Que trouxe consigo
O maiô de duas peças.
E logo, de audácia em audácia,
A natureza ganhando terreno
Sugeriu o biquíni,
O maiô de pequeno ficando mais pequeno
Não se sabendo mais
Até onde um corpo branco
Pode ficar moreno.

Deus,
A graça é imerecida,
Mas dai-me ainda
Uns aninhos de vida!

28 de jan de 2011

DIA EM QUE DEUS CRIOU ALAGOAS,MINHA LINDA TERRA /DEA



PRA TU MINHA ALAGOAS QUERIDA ESTA SIMPLES HOMENAGEM COM TD MEU CORAÇÃO AINDA PRETENDO VOLTAR ,QUEM SABE NESTE ANO RSRS / DEA O DIA EM QUE DEUS CRIOU ALAGOAS
Escrevi certa vez que Deus, além de brasileiro, era alagoano. Em verdade, não se cria um Estado com tanta beleza, sem cumplicidade. Sou capaz de imaginar o dia da criação de Alagoas. Ô São Pedro, pegue o estoque de azul mais puro e jogue dentro das manhãs encarnadas de sol; faça do mar um espelho do céu polvilhado de jangadas brancas; que entardecer sangre o horizonte; que aquelas lagoas que estávamos guardando para uso particular; coloque-as neste paraíso. E tem mais, São Pedro: Dê a esse Estado um cheiro sensual de melaço e cubra os seus campos com verdes dos canaviais. As praias... Ora, as praias deveram ser fascinantemente belas, sob a vigilância de ativos e fieis coqueirais. Faça piscinas naturais dentro do mar; coloque um povo hospitaleiro e bom e que a terra seja fértil e a comida típica melhor do que o nosso manjar. Dê o nome de ALAGOAS e a capital pela ciganice e beleza de suas noites, deverá chamar-se MACEIÓ e a padroeira Nossa Senhora dos Prazeres. Noaldo Dantas

27 de jan de 2011

AMAR !!!! /DEA

É engraçado como a vida toma um rumo, um dia você está triste, e outro está sorrindo, sem motivos. Você pensa que aquele amor é pra sempre,mas quando você menos percebe o pra sempre acaba, você ver uma amizade se acabar por motivos bobos,e uma começar com motivos ótimos. Você chora de ri, e chora de tristeza, a felicidade chega, e vai embora no outro dia. Aprenda, sentimentos ruins não são eternos, sentimentos bons, vão embora, e marcam sua vida. A lei é essa, ou você segue o ritmo da vida, ou você se perde nessa dimensão. Ou você ri hoje, ou amanhã,talvez você não terá oportunidades. O que você tem pra fazer, faça agora, o tempo ajuda, esperar ajuda, mas nem sempre. O tempo é um enigma, não sente e fique esperando as coisas acontecerem, nada é fácil, a vida não é fácil,ou você aprende agora, ou irá sofrer mais pra frente. A vida está pronta para te derrubar.

NÃO SOU DIFERENTE !!/DEA

Não sou diferente e nem igual, sou uma engraçada sem graça. Realmente não vejo graça em ser eu, uma vida monotona, sou uma pessoa de palavras simples, sem elegancia. Não quero ser um rosto bonito apenas, coisa que tambem ja nem tenho, não tenho minhas proprias manias, elas ja sairam sendo as de outras, não sou unica, não sou a que passa e marca, sou a que simplismente passou. Sou um vento que onde esta, não se encherga. Mas quem disse que fico triste por isso ? Que fico lamentando por ai, que fico me evitando, e tenho medo de proseguir ? É bem o contrario, saio sem rumo ai que a historia começa por ai, vou lentamente criando o novo fim, salvei um arquivo por cima do ruim, chega de sofrer! Quando se quer, se pode, apenas a fé te dara forças. Força não aparece do nada, força não acaba, você simplesmente tem medo de levantar e cair novamente/ dea

Ninguém sabe!!!!!! /DEA


Ninguém sabe o que se passa na minha cabeça,
muito menos no meu coraçao
Nao sabem de nada
Nao tem a minina noçao

Fico aguniada só de pensar
Ficar perto de mim nao é seguro
Façam me calar,
E deixem meu coraçao livre, puro

Nao me deixe sofrer
Nao me deixe por dentro sangrar
Cada lagrima, uma vida
Cada vida que nao fora vivida
Vivida apenas no escuro,
Na solidao q me cerca
Que sempre me convence, que nunca estou certa

Pegue aquela faca,
Aquela de ponta bem aguda
Nao tenha medo de me ferir
Pode fazer uma ferida bem profunda
Pode mi matar quantas vezes tiver vontade
Porque por dentro ja estou morta, tentando disfarçar a realidade

Cada palavra que aqui escrevo,
Assino com uma lagrima minha
Melhor eu ja ir finalizando,
Nao tera o suficiente pra toda poesia

Nao sei nem porque ainda estou aqui
Quero ir embora, partir, sumir!
Quero parar com todo esse sofrimento
Nao aguento mais tanto entristecimento!

Me leve daqui
Leve-me pra onde eu sempre quis
Onde eu me sinta em casa,
Onde nao tenha que sempre sorrir
Leve-me pra perto de quem a mim se assemelha
Os que nao possuem aureolas, e sim asas negras

Procuro alguem que queira comprar uma alma,
Uma alma estranha e sombria
Que vaga sem um destino, sem um corpo
E apenas com uma mente vazia..

25 de jan de 2011

25 DE JANEIRO DE 2011 ANIVERSARIO DA MINHA ,DA TUA,DA NOSSA SÃO PAULO ,FELIZ ANIVERSSARIO MINHA SAMPA QUERIDA ,SAMPA TERRA DA GAROA,CIDADE LINDA /DEA

PARABENS MINHA SÃO PAULO ,CIDADE ACOLHEDORA DE TDS OS POVOS,DE TDS AS RAÇAS,CREDOS ETC ,MINHA SAMPA QUERIDA ,TU ACOLHE SEMPRE COM TEUS BOAS VINDAS A QUEM AQUI CHEGA ,SEMPRE COM UM BAITA E IMENSO SORRISO NESTE TEU ROSTO TD FEITO DE PEDRAS RS ,SAMPA MARAVILHOSA EU TB COMO TANTOS AQUI CHEGUEI AINDA GAROTINHA E DAQUI A EXATOS SETE DIAS TB IREI COMEMORAR MEU ANIVERSARIO FAREI EXATOS 40 ANOS E DESTES 40 33 FORAM MORANDO CONTIGO ,SOFRENDO JUNTO DE TI QD VIA E AINDA TE VEJO NAS ENCHENTES SENDO DESTRUIDOS LUGARES MARAVILHOSOS QUE EM ANOS PASSADOS FORAM DADOS A TU COMO PRESENTE PARA QUE TU SÃO PAULO FICASSE CD VZ MAIS E MAIS LINDA ,SOFRO E CHORO JUNTO CONTIGO E SEI QUE MUITOS QUE EM TU ASSIM COMO EU milhões DE OUTROS MORADORES ,PAULISTAS OU PAULISTANOS TB SOFREM JUNTO ,MAS TU A CIDADE FEITA DE PEDRAS E TANTO CIMENTO CONTINUA maravilhosa, IMPOLUTA .TU TEM O EFEITO DE ATRAIR PESSOAS DE TDS OS LUGARES ,DE TDS OS PAISES DESTE MUNDINHO DE 'DEUS' QUE AQUI CHEGAM TDS OS DIAS E TU SEMPRE OS RECEPCIONA COM AMOR E CARINHO POR ISTO HJ ESTA TUA FILHA 'ADOTIVA' TE PARABENIZA POR TEUS '457 ANOS VELHINHA JA NE RSRS ++ SEMPRE SERA AAA NOSSA SAMPA 'QUERIDA' TE AMO SÃO 'PAULO '!!!!!!!!! /DEA

25 DE JANEIRO DE 2011 ANIVERSARIO DE SÃO PAULO /DEA

Cenas poéticas
Cidade cantada em versos
Que vive na correria
De contrastes diversos
Violência na periferia

Cidade de oportunidades
Esteio do imenso Brasil
Cidade das igualdades
Terra de povo varonil

Em suas praças, parques e recantos
Aposentados e crianças
Duas gerações distintas
Que nunca perdem a esperança

Em tuas ruas correrias
Do povo que vai em busca do pão
Em sua labuta diária
Que engrandece a nação

São Paulo da garoa
Cidade de gente boa
Cidade de feitiços mil
Esteio do grande Brasil

Minha alma enamorada
Traz um hino na garganta
Emoção, voz embargada
Canta São Paulo, canta

ESTE POEMA FEITO POR ELE E PRA TI SÃO PAULO AMADA FELIZ "457" ANOS MEUS PARABENS !!!! DEA
COMO DIZIA NOSSO POETA" VINIÇIOS DE MORAES"
Soneto Sentimental à Cidade de São Paulo
Soneto Sentimental à Cidade de São Paulo

Ó cidade tão lírica e tão fria!
Mercenária, que importa - basta! - importa
Que à noite, quando te repousas morta
Lenta e cruel te envolve uma agonia

Não te amo à luz plácida do dia
Amo-te quando a neblina te transporta
Nesse momento, amante, abres-me a porta
E eu te possuo nua e frígida.

Sinto como a tua íris fosforeja
Entre um poema, um riso e uma cerveja
E que mal há se o lar onde se espera

Traz saudade de alguma Baviera
Se a poesia é tua, e em cada mesa
Há um pecador morrendo de beleza? PARABENSSSSSSSSSSSSS

Não sou.../DEA


Não sou...

Eduardo Baqueiro

O que há em mim

Que tanto te agita a alma?

Quem pensas que sou?

Que sou aquele com quem sonhas toda noite?

Que sou tua alma gêmea?

Que sou o homem que desejas ter

em tua cama?

Que sou eu que vou fazê-la sentir

seu coração bater descompassado?

Não creio que eu seja este homem!

Não sou aquele com quem sonhas!

Sou um fantasma criado por você!

Sou apenas alguém que enxerga

tuas ânsias e carências

E deixo você se abrir para mim.

Te ouço na calada da noite

Sem pressa, sem censura!

Apenas sou um bom ouvinte...

Mas não sou o homem de sua vida,

Sou tão imperfeito quanto você.

Meu amor tem altos e baixos,

Me alegro e me entristeço

de uma hora para outra...

Não conheço o amor

além do que você conhece...

Minhas necessidades podem

ser maiores que as tuas,

Ainda sou uma criança carente

que necessita de amor e carinho.

Eu ainda não aprendi a viver

Ainda não aprendi amar...

DECIFRA-ME/DEA




Decifra-me
Eduardo Baqueiro

Não me pergunte se te amo
Jamais te direi com palavras
Meus sentimentos por ti
Sou sinônimo de mistério

Não terás as respostas pelos
meus lábios
Tampouco te direi como obtê-las
Terás que descobrir...

Talvez através do brilho dos meus
olhos quando olhas para mim
Talvez pelo tom de minha voz
quando te falo do meu amor

Ou talvez, quem sabe, pela maneira
que te toco, quando estamos a sós
Descubra você mesmo,
Mas não me perguntes

Não te direi com palavras
Saberás,
se souberes procurar...
Se realmente me amas como dizes,
acharás as respostas...

Elas estão fragmentadas em mim
Aos poucos,
montarás um quebra cabeça
E, se no final,
souberes interpretar a charada,
saberás o que sinto por ti

Mas não demores muito
tentando me entender.
Não conseguirás, eu sei!
Somente... decifra-me se puderes

Enquanto isto, me ame,
como jamais amou
Abra seu coração para mim
E deixa-me ser dono de teu amor

Se te sentires feliz,
talvez descubras o quanto te amo

ANOITECEU.../DEA

Anoiteceu

Eduardo Baqueiro

Meu filho, você partiu

e levou consigo as alegrias que não tive.

Perdi as esperanças que guardava no peito...

Você foi sempre meu filho querido,

Apesar de tudo ficará uma saudade enorme

e um vazio que nada preencherá.

Por que, meu filho, fostes embora tão jovem?

Quantas vezes eu falei contigo,

tentei de todas as formas te ajudar

a ver o mundo de outra maneira.

Desejava que fosses minha criança,

que me desse somente alegrias

Mas não foi assim,

estou parada no tempo...

Procuro-te em vão e não te encontro,

a morte o levou e não pediu para levá-lo

Me sinto tão fraca por ter perdido você

assim tão estupidamente.

Hoje eu não sei se tua hora chegou

ou se a droga te consumiu e te roubou de mim.

Gostaria de gritar a todos os jovens

para não se entregarem às drogas.

Pensem antes nos pais de vocês

que lutam para vê-los felizes e realizados.

Pensem na liberdade que estarão perdendo.

Pensem nas responsabilidades

com a própria consciência.

Pensem, pensem e pensem

antes de se entregarem às drogas.

Pensem na tristezas que criarão em

torno de si.

Pensem, pelo amor de Deus,

em vocês mesmos.

Vocês nasceram para ser felizes.

Vocês são pássaros que nasceram para voar.

Não foram criados para ficarem presos ao chão.

Não... não foi isto que nós, seus pais

sonhamos para vocês.

Queremos vê-los triunfantes,

vitoriosos e felizes.

Somente desta forma estaremos bem

Meu filho, você partiu cedo demais.

Levou contigo meus sonhos.

Levou contigo minha alegria de viver.

Está sendo difícil pra mim viver sem você.

Apesar de tudo, você me dava alegria

Apesar de tudo, você era um pedaço de mim

Quanta saudade, meu filho!

E agora o que será de mim?

Minha estrada está escura,

Meu peito está doendo, sentindo tua falta.

E esta saudade que agita meu coração...

Porque, filho, assim tão jovem?

Esperança

Eduardo Baqueiro

Cheguei ao meu destino cedo demais!

Sinto-me como um intruso neste mundo

de que agora faço parte.

Querida, se soubesse a dor que sinto,

a saudade que corrói o peito,

a dor de meu arrependimento!

Agora entendo as coisas que me dizia...

Sempre me achei o Máximo

e, ao entrar neste mundo, compreendi

que você sempre esteve certa!

Se ao menos fizesse uma parte daquilo

que sempre me pediu,

minha vida seria bem diferente!

Você é a luz que veio pra iluminar minha vida

Mas eu não vi, não quis ver...

Agora não há mais solução a não ser

seguir o caminho que eu mesmo tracei.

Não sei como poderei pedir-lhe perdão

por ser tão mesquinho, tão infantil,

tão tolo...

Suas dores chegam até mim como

pontas de faca...

atingem meu peito e choro com você,

sofro com você...

Ah minha querida! Agora não tem mais jeito!

Precisamos seguir nosso caminho

Eu sem você, você sem mim...

Perdoe-me por te deixar assim deste jeito...

Os pais não deveriam enterrar seus filhos...

Quem deveria sofrer a perda era eu

Mas estou aqui, parado e precisando de ti!

Não chores mais, minha querida!

Tua saudade me atinge e eu sofro

Somente você poderá me ajudar

Volte a ser alegre como sempre foi

Esbanje alegria e, ao recordar de mim,

Veja somente as coisas boas que vivemos

Sei que são poucas.

mas preciso que você me dê forças

Sempre fui fraco e agora estou mais ainda.

Somente você poderá me ajudar,

eu preciso mais de você agora.

Não morri, estou apenas do outro lado

E sinto uma dor no peito

Pois este não é meu lugar

Sou um invasor deste mundo

Minha hora não deveria ser esta...

Se pudesse mudar as coisas,

desejaria voltar pro teu colo

e sentir-me novamente seguro e amparado.

Eu amo você!

AMIGOS......!!!!! /DEA

ELEGÂNCIA /DEA

ELEGÂNCIA

Eduardo Baqueiro

Ela chegou assim como se nada tivesse acontecido

Esperou que puxasse a cadeira para sentar

Olhou-me com um olhar de agradecida

E sentou-se, graciosamente...

Não vestia nada chique

Seu vestido escuro caia bem no seu corpo

Os cabelos eram como pinceladas maliciosas

Nos lábios um sorriso de satisfação

A elegância estava no seu jeito, no seu olhar

Olhou-me serena e tranqüila...

Seu olhar brilhava como um diamante

refletindo os raios do sol...

Esperou que dissesse a primeira palavra

Toda pressa, toda ansiedade, toda incerteza

Se extinguiu através daquele olhar

Me perdi diante de tanta doçura

Compreendi que através dos olhos

a mulher tem o mundo nas mãos

Tocou minha mão suave e perguntou

Como tem andado meu querido...

Deixei de lado a amargura que não saia do peito

Fechei meus olhos e me transportei para o paraíso

Não sei quanto tempo ali fiquei

Ao retornar, aqueles olhos elegantes

esperavam calmamente uma resposta

De meus lábios saiu um obrigado

Hoje foi a melhor conversa que tive com você

Ela se despediu, como sempre, elegante

Virou-se e se foi

Meus olhos a acompanharam na multidão

e no peito ficaram as marcas da sua elegância...

Decepção/DEA

Decepção

Eduardo Baqueiro

Lutei contra tudo e contra todos!

Perdi amigos

e briguei com minha família

Somente pra ser teu...

Não me importei com nada,

além do amor que sentia por você

Me fiz teu anjo, tua menina

e tua prostituta

Vivi somente pra você

e para o nosso amor

Nunca pensei na possibilidade

de um dia vê-lo indo embora

Jamais pensei que teria, um dia,

que prosseguir sem você

Nosso amor era uma loucura

que me dominou

Sentia você preso a este amor

assim como eu

Estávamos atados um ao outro

Meu destino seria sempre ser tua

Mas, chegou aquele dia...

Você entrou no nosso quarto

com aquela expressão diferente

Não disse nada

E eu compreendi!

Meu mundo caiu

Minha vida acabou naquela hora

A morte seria um presente bom

naquele instante

Pedi, implorei, chorei,

cheguei até a rezar...

Mas não adiantou

Senti teu coração distante, frio

E descobri que tinha outra morando nele.

Destruí todo meu mundo para ser

somente tua

Não ouvi conselhos,

tornei-me cega e surda

Briguei, lutei

e consegui ficar isolada do mundo

somente para me encontrar

nos seus braços...

E, hoje, me encontro só

neste quarto,

que só traz lembranças suas...

Cinzas de uma história que acabou

cedo demais:

A história de minha vida!

Me sinto perdida dentro de mim mesma...

O que farei agora ?

Não foi isso que planejamos...

Não estava escrito que seria assim!

Hoje eu me torno uma folha seca

tentando aprender a caminhar novamente

sem você

Minha menina

Eduardo Baqueiro

Sempre que olho para o céu
Sinto uma vontade de ter asas
Voar para te encontrar
Uma vontade de possuir você
Você que me ama
Sabe o que sinto
Quando olho para o céu
Às vezes chega até doer
As estrelas me lembram você
Tão linda, tão iluminada
Mas tão distante de mim
Perdoe-me amor
Não me canso de pensar
Que um dia poderei tocar você
Dizer pessoalmente
O bem que me fazes
O quanto és importante
Às vezes penso que você
é apenas um sonho...
Que um dia eu irei acordar
E viver somente da saudade
que sentirei de você
Hoje está frio em meu quarto
Sinto mais ainda tua falta
Vontade de tirar você
dos meus sonhos
e trazê-la para minha realidade
Ouço tua voz dizendo
que me ama
e que és minha menina
Me entristeço, confesso...
Não sei se devia...
Mas o que fazer se te amo demais?
O mar traz tua lembrança
Sei que tua essência vem dele
Assim como a minha também
Por isso sinto tua falta
Teu amor me alimenta
Teus dengos me animam
Teus carinhos me excitam
Tua voz me embriaga
Estou só em meu quarto
Mas estou com você
em meu coração
Desejando que meu amor
tenha uma boa noite
Que seus sonhos sejam
lindos como são os meus
Que eu possa estar com você
caminhando de mão dadas
pela praia...
Não sei o que será do futuro
Nem quero pensar
Somente desejo curtir você
Enquanto for minha
somente minha...

23 de jan de 2011

HAN ESSA AGUA /DEA


Essa água

Essa água que desce do chuveiro,

que molha meu corpo inteiro,

umedecendo meus cabelos,

escorrendo em meu pescoço,

beijando minha face,

tocando minha boca...

Essa água que desce do chuveiro,

que molha meu corpo inteiro,

acariciando minhas costas,

deslizando no meu peito,

percorrendo o meu ventre,

enrolando em minhas pernas...

Essa água que desce do chuveiro,

que molha meu corpo inteiro,

penetrando fundo em minha alma,

purifica e me acalma.

Essa água que ninguém mais vê,

somente eu, é Você!

Silvia Munhoz

PORTAS E JANELAS/DEA

Portas e janelas

Portas se fecham,

janelas se abrem...

e nelas cabem

pequenos raios de luz.

São como a fagulha,

na seca palha,

que de mansinho espalha

o arder de uma grande chama.

Aquecem de novo a alma

que por um momento se acalma

e esquece de sofrer.

Pequena foi a janela

que você abriu em meu peito.

Doce raio de luz...

grande foi o seu efeito!

Silvia Munhoz

24/12/2000

JOGO DA VIDA /DEA

Jogo da Vida

As cartas são dadas,

muito bem embaralhadas.

Seqüências são formadas.

Surge o curinga,

que de repente pinga,

no meio da jogada.

Uma carta cobiçada,

muito pretendida,

pra virar uma partida.

Suas várias facetas

permitem mil mutretas

nesse difícil carteado.

Jogo em andamento.

Pensar por um momento...

Valete ...Dama...Rei.

Ás ...dois...três.

Tudo está no seu lugar,

nada pra mudar.

Jogada definida.

Quase ganha a partida.

E, o curinga é colocado,

com desdém , em separado

por atrapalhar uma jogada

que já era confirmada.

Sou esse curinga,

que hoje pinga

no jogo da sua vida,

que mesmo desejado,

terá que ser queimado

pra que você possa bater.

E então vencer,

o jogo da sua vida,

essa complicada partida,

de cartas marcadas,

que até mesmo se vinga

de um cobiçado curinga.

Silvia Munhoz

03/12/2000

20 de jan de 2011

ESTA E MINHA SÃO PAULO EM BAIXO D'AGUA HJ DIA 20/01/2011 ASSIM COMO NO RIO DE JANEIRO SP PEDE SOCORRO/DEA


alagamento sp 500x304 Alagamento e enchentes em São Paulo SP   Fotos Imagens 2011

Cidade de São Paulo SP sofre muito com todas as enchentes e alagamentos ! Muitas pessoas morreram,casas destruidas, carros debaixo d´agua ! Veja algumas fotos do ano de 2011 ! Complicado !

alagamento sp2 Alagamento e enchentes em São Paulo SP   Fotos Imagens 2011

alagamento sp carro 500x243 Alagamento e enchentes em São Paulo SP   Fotos Imagens 2011

alagamento sp renault 500x267 Alagamento e enchentes em São Paulo SP   Fotos Imagens 2011

alagamento sp bela vista 500x319 Alagamento e enchentes em São Paulo SP   Fotos Imagens 2011

alagamento sp onibus Alagamento e enchentes em São Paulo SP   Fotos Imagens 2011

alagamento sp caminhonete Alagamento e enchentes em São Paulo SP   Fotos Imagens 2011

NÃO DA AINDA PRA FALAR DE 'AMOR' VENDO COMO ESTA MEU 'BRASIL'/DEA

Bope ajuda vítimas das enchentes

Policiais do Bope ajudam no trabalho de resgate às vítimas das chuvas
Rio - Policiais do Batalhão de Opreações Policiais Especiais (Bope) e do Grupamento Aéreo Marítimo (GAM) da Polícia Militar desembarcaram nas primeiras horas desta quinta-feira no município de Nova Friburgo, na Região Serrana. Os militares reforçam o trabalho de salvamento às vítimas das enchentes na área, que já matou mais de 350 pessoas desde a madrugada de quarta-feira.Moradores e homens do Corpo de Bombeiro trabalham na remoção de restos de prédio que caiu em Nova Friburgo | Foto: Gerson Gonçalo / Agência O Dia
Um Batalhão de Campanha foi montado no 11ºBPM (Nova Friburgo) para abrigar os policiais pelo tempo necessário de suas atividades. Além do BOPE e do GAM, ajudam no trabalho de resgate o Grupamento Especial de Salvamento e Ações de Resgate (GESAR), o Batalhão de Polícia Florestal e Meio Ambiente (BPFMA), a Companhia de Cães (CIA Cães), além das unidades operacionais do 11ºBPM (Nova Friburgo), 26ºBPM (Petrópolis) e 30ºBPM (Teresópolis).
Fonte: O Dia