Pages

14 de dez de 2010

UTOPIA DE MIM :DEA


Utopia


Utopia

Nosso primeiro encontro deverá ser assim,
Sentaremos num parque, bosque, um campo qualquer e conversaremos, horas e horas a fio, às vezes ficaremos meio sem fôlego, porque vamos emendar um assunto no outro e são tantos assuntos que ficaram assim interrompidos, com algo a mais para dizer. Mas não só por isso, porque ainda existem tantos assuntos que nem iniciamos e também gostaríamos de falar. E também pelo motivo mais dolorido, por não sabermos se haverá outro encontro, se o primeiro não será também o único, o último. Mas será bom, isso eu sei, algumas vezes quando o assunto tomar aqueles rumos que vez em quando entristecem a gente, pegarei tua mão, e ficarei com ela assim, entre as minhas, até que a tristeza se dissipe, algumas vezes acredito que me abraçarás, talvez para me consolar de coisas há muito passadas, ou de temores que tenho em relação ao futuro. E ficarei assim, aconchegada em teus braços por um tempo, aproveitando aquela sensação que o mundo é bom, é tranquilo. Com certeza farei carinho em teus cabelos, porque todos sabemos, é tão bom ter o cabelo acariciado, e sei também que secarás as lágrimas de minha face, as lágrimas que correrão em nossas faces, porque muitas vezes choraremos de tanto rir. Será assim nosso primeiro encontro, mas haverá também aqueles momentos de silêncio, onde não teremos coragem de falar o que gostaríamos, o que pensamos, e nesses momentos nos restará o instante mágico dos apaixonados, nossos olhos se encontrarão, e todas as palavras não ditas, as verdades negadas, serão lidas ali, através de nossos olhos em nosso coração.
Será um encontro mágico, onde tentaremos de todas as maneiras impedir que o tempo passe, segurar em nossas mãos as horas, os minutos, os segundos, para impedir que aquele momento acabe.
Mas como essas são coisas impossíveis, o dia aos poucos irá chegando ao fim, e então seremos obrigados a começar a nos despedir, e nos despediremos tantas vezes, tantos tchaus nos daremos, na tentiva que o último não doa tanto, não seja tão dolorido.
Mas que inocência a nossa, talvez se nos despedirmos assim de uma só vez, doerá menos, mas como saber não é mesmo? Se nossa intenção na verdade é que aquele encontro não acabe, que aquele dia tivesse tantas horas quanto gostaríamos, se possuímos aquela imensa vontade de parar o tempo.
E a noite, que naquele dia consideraremos nossa inimiga começará a cair sobre nós, e então não poderemos mais negar, teremos de voltar a nossas vidas.
Nos levantaremos devagar, talvez pela última vez eu pegue tua mão e a coloque entre as minhas, talvez naquele momento mágico que a noite começa a vencer o dia, talvez eu te beije, talvez tu me beijes, não sei.
Mas espero que nos beijemos, para selar o nosso primeiro, último encontro, espero que seja assim, um encontro mágico selado com um beijo para nunca mais esquecer. E então nos afastaremos, guardaremos na lembrança esse encontro, seguiremos nossas vidas, e então será assim.
Continuaremos a viver, eu cheia de ti, tu cheio de mim.

UTOPIA DE MIM :DEA


Utopia


Utopia

Nosso primeiro encontro deverá ser assim,
Sentaremos num parque, bosque, um campo qualquer e conversaremos, horas e horas a fio, às vezes ficaremos meio sem fôlego, porque vamos emendar um assunto no outro e são tantos assuntos que ficaram assim interrompidos, com algo a mais para dizer. Mas não só por isso, porque ainda existem tantos assuntos que nem iniciamos e também gostaríamos de falar. E também pelo motivo mais dolorido, por não sabermos se haverá outro encontro, se o primeiro não será também o único, o último. Mas será bom, isso eu sei, algumas vezes quando o assunto tomar aqueles rumos que vez em quando entristecem a gente, pegarei tua mão, e ficarei com ela assim, entre as minhas, até que a tristeza se dissipe, algumas vezes acredito que me abraçarás, talvez para me consolar de coisas há muito passadas, ou de temores que tenho em relação ao futuro. E ficarei assim, aconchegada em teus braços por um tempo, aproveitando aquela sensação que o mundo é bom, é tranquilo. Com certeza farei carinho em teus cabelos, porque todos sabemos, é tão bom ter o cabelo acariciado, e sei também que secarás as lágrimas de minha face, as lágrimas que correrão em nossas faces, porque muitas vezes choraremos de tanto rir. Será assim nosso primeiro encontro, mas haverá também aqueles momentos de silêncio, onde não teremos coragem de falar o que gostaríamos, o que pensamos, e nesses momentos nos restará o instante mágico dos apaixonados, nossos olhos se encontrarão, e todas as palavras não ditas, as verdades negadas, serão lidas ali, através de nossos olhos em nosso coração.
Será um encontro mágico, onde tentaremos de todas as maneiras impedir que o tempo passe, segurar em nossas mãos as horas, os minutos, os segundos, para impedir que aquele momento acabe.
Mas como essas são coisas impossíveis, o dia aos poucos irá chegando ao fim, e então seremos obrigados a começar a nos despedir, e nos despediremos tantas vezes, tantos tchaus nos daremos, na tentiva que o último não doa tanto, não seja tão dolorido.
Mas que inocência a nossa, talvez se nos despedirmos assim de uma só vez, doerá menos, mas como saber não é mesmo? Se nossa intenção na verdade é que aquele encontro não acabe, que aquele dia tivesse tantas horas quanto gostaríamos, se possuímos aquela imensa vontade de parar o tempo.
E a noite, que naquele dia consideraremos nossa inimiga começará a cair sobre nós, e então não poderemos mais negar, teremos de voltar a nossas vidas.
Nos levantaremos devagar, talvez pela última vez eu pegue tua mão e a coloque entre as minhas, talvez naquele momento mágico que a noite começa a vencer o dia, talvez eu te beije, talvez tu me beijes, não sei.
Mas espero que nos beijemos, para selar o nosso primeiro, último encontro, espero que seja assim, um encontro mágico selado com um beijo para nunca mais esquecer. E então nos afastaremos, guardaremos na lembrança esse encontro, seguiremos nossas vidas, e então será assim.
Continuaremos a viver, eu cheia de ti, tu cheio de mim.

Amor Amigo:DEA

Amor Amigo



Te queria como amor,
Me querias como amigo

Te queria como amor,
Fui paciente, consciente
Dei a ti minha atenção
Te entreguei meu coração

Fui amigo, companheiro
Fui silêncio, fui parceiro
Fui soneto, poesia,
Fui sonho, utopia

Te queria como amor,
Me querias como amigo,

Fui vencido, destruido,
Fui lágrima,
Sonho perdido,
Desisti do sentimento,
Quase até morri por dentro.

Te queria como amor
Me querias como amigo

Enfim me dei por vencido,
Me afastei, desisiti,
Doía mais que pensas,
Ficar tão perto de ti

Fechei meus olhos
Aposentei meu sentimento
Numa luta muito longa
Te tirei do coração

Te queria como amor,
Me querias como amigo,

E depois de muito tempo,
Agora voltas aqui
Mas enfim, eu decidi
Já chorei, sofri por ti.

Se não posso ser amor,
Não me basta ser amigo.

LEMBRAS DE MIM AO LERES:DEA






Lembra de Mim

Lembra de mim,
Quando andares por estes caminhos
Cobertos de flores
Com aroma de carinhos

Lembra de mim,
Quando andando por ai
Veres alguém rindo
Com lágrimas correndo na face

Lembra de mim,
Lembra que também
Já rimos assim
Lembra de mim,

Quando te sentires sozinho
Quando estiveres carente
Lembra de mim,
Do meu carinho

Lembra de mim,
Mesmo que isso
As vezes te pareça estranho
Lembrar de mim assim,

Sem motivo,
Até mesmo sem querer,
Não importa, somente
Lembra de mim!

ME DE APENAS CINCO MINUTOS:DEA




Cinco Minutos

Me dê cinco minutos
Veja bem não é nada
Cinco minutos somente
Cinco minutos a meu lado

É este tempo que quero
Pra tocar tua mão
Acariciar teus cabelos
Roçar meus lábios nos teus

Cinco minutos, só isso que peço
Cinco minutos a teu lado
Nada mais eu te peço
Cinco minutos somente

Será que nossa história
Não vale esse tempo
Cinco minutos
Contigo a meu lado

Só quero um abraço
Um beijo bem dado
Teus olhos nos meus
Cinco minutos a teu lado

Nada mais eu te peço
Cinco minutos
Pra ti não é nada
Pra mim é lembrança
Pra sempre guardada

QUANDO TUDO TERMINA:DEA

Tudo Termina



Tudo Termina

Existem momentos que doem na gente tão profundamente que fica dificil entender.
Momentos assim que se pensa na vida, onde tudo é estranho, onde nada se explica.
Algumas palavras que se jogam ao vento e ficam perdidas, se tornam lamentos.
Existem momentos em que eu não queria ser eu, queria ser diferente, ser outra pessoa, estar bem longe de mim.
Momentos estranhos que chora minha alma, que dói o meu peito, momentos de fim.
Não importa que seja o fim de algo que nem teve começo, que tenha sido estranho pra mim.
Mas o que faço agora, como consolo meu peito e como eu digo a minha alma. - Não chora, não chora.
Como eu digo pro meu coração. - Fica tranquilo, isso passa, por um tempo vai ficar a saudade, o silêncio, dias mais tristes, horas mais longas, mas não será sempre assim.
Como eu faço, como explico tudo isso pra mim?
Eu não sei, nem entendo, era tudo tão bonito, tão doce e ficou tão amargo no fim.
Mas vou juntar os pedaços de mim, vou sair caminhando e encontrar cada caco da alma partida que chora um amor sem começo, mas cheio de fim.
Vou consolar meu coração, vou voltar a ser eu, reencontrar a razão.
E o tempo, esse remédio estranho que cura as feridas, que conserta os erros, que lava a alma, que sossega o peito, vai ser o companheiro nesta jornada, vai andar de mãos dadas comigo ao longo da estrada, e secar minhas lágrimas, e curar minhas chagas.
E assim devagar e com calma, com sossego e paciência tudo volta ao normal, há de ficar sempre a marca, o espaço vazio, mas um dia se transformará em lembrança o sentimento que foi muito pra mim.
Agora é a hora da despedida, de voltar a minha vida e pensar só em mim.
E as lágrimas, hora, essas já secam, poetas não choram, transformam em poemas os amores e as dores que a vida lhes dá em momentos assim.

PENSAMENTOS:

Pensamentos



Pensamentos


Existem momentos
Que me perco em pensamentos
Que viajo no mundo
Vou a lugares só meu

Nestes momentos
Eu rio sozinha
Perco caminhos
Nem lembro onde vou

São momentos de magia
Onde nada é proibido
Onde as coisas que digo
Voltam pra mim

Que escuto palavras
Que adoraria escutar
Que te pego perdido
Somente a me olhar

São doces momentos
Momentos só meus
Meus pensamentos
Falam teu nome
Te chamam de meu

São doces momentos
Momentos só meus
Porque chamas meu nome
E falas pra mim
Que queres só eu

MEU BOA NOITE A TDS MEUS LEITORES E AOS VISITANTES IDEM QUE 'DEUS 'OS PROTEJA SEMPRE:DEA

[link=http://www.seu-recado.com][/link]

[b]Mais recados? http://www.seu-recado.com[/b]

VIDEO PRA OUVIRMOS E APÓS OUVILO REFLETIRMOS E MUITO:DEA