Pages

12 de nov de 2009

AMO VC E HJ VIM AQUI APENNAS TE DIZER ISSO NÃO TENHO VERGONHA DE GRITAR AO MUNDO MEU AMOR POR TU NÃO:



Muito Além de Amar


Oriza Martins
Muito Além de Amar... poema de Oriza Martins

Namoro na Internet

TE AMO AMO AMO AMO MUITO :VALL




 

Por que te amo?


Te amo...AMO VC E NÃO TENHO VERGONHA DE DIZE-LO NÃO POIS MEU AMOR MESMO VIRTUAL É REAL E ETERNO SEMPRE  ATÉ QUE UM DIA DEUS E AS VOLTAS QUE O MUNDO DA NOS SEPAREM DE VEZ   VALL AVÍÃO

APAGÃO NO BRASIL QUASE INTEIRO ,VERGONHA NACIONAL E INTERNACIONAL E NÓS OS POBRES BRASILEIROS COMO FICA-MOS? É BRASIL GT BRASILLLLLLL :



BRASÍLIA - Apenas dois dias depois do apagão, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou que o assunto está encerrado. Após deixar reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para tratar dos investimentos no setor elétrico incluídos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Lobão garantiu que no encontro não foram abordados os problemas que levaram o Brasil a registrar na última terça-feira o apagão, um dos maiores do mundo:
- Sobre o blecaute, nós não tratamos do assunto. O assunto está encerrado. Foi possível restaurar todo o sistema em pouco tempo, ao contrário do que ocorre em outros países. A causa foi identificada por Furnas, pelo operador nacional do sistema elétrico. Já decidimos o que fazer. Estamos tomando providências para, daqui para frente, melhorar mais ainda o sistema que é muito bom, é confiável, é robusto e tudo isso foi feito pelo governo.
Mas o apagão ainda deixa sequelas:- Houve mortes durante o blecaute
- Milhares de cidadãos ficaram muito tempo sem água
- Consumidores estão com aparelhos eletrônicos queimados
- Alguns sinais de trânsito demoraram a voltar a funcionar
- Não há resposta convincente sobre por que o ilhamento do sistema elétrico não funcionou
- Não há certeza, diante do que dizem meteorologistas, de que havia condições realmente adversas no local do acidente com a linha de transmissão
- Empresas de todos os portes ainda contabilizam prejuízos
Nesta quarta-feira, o ministro afirmou que os órgãos responsáveis pelo setor de energia do país concluíram que o blecaute causado em 18 estados do país foi causado por "descargas atmosfera e ventos fortes " na região de Itaperá, sul de São Paulo.
- Tanto o Operador Nacional do Sistema, como Furnas, Aneel, concluíram que o aconteceu foram descargas atmosféricas, ventos e chuvas muito fortes em Itaperá, o que provou curto-circuito em três sistemas - disse Lobão.
Mas análises de técnicos do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), sugere que são mínimas as possibilidades de um raio ter sido a causa do apagão. .
Já o diretor de operações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Eduardo Barata - empresa que controla a geração e a transmissão de energia no Brasil - disse nesta quinta-feira, em entrevista ao programa Bom Dia Brasil, da TV Globo, que o tempo levado para que a energia fosse restabelecida depois do apagão que deixou 18 estados do país no escuro, cerca de 4h, está dentro da média para um fenômeno desta proporção.
- Obviamente, não é uma boa resposta, mas o tempo de recomposição para o distúrbio dessa ordem de grandeza, se formos comparar com episódios ocorridos no exterior, vamos ver que somos campeões . Nossa resposta é muito melhor - afirmou Eduardo Barata.
Eu-repórter: foi prejudicado pelo apagão? Conte aqui a sua história.
A postura "ufanista" das autoridades e técnicos do governo em relação ao apagão foi criticada por analistas como o ex-ministro, físico e professor da USP José Goldemberg, para quem o governo deveria ser mais humilde e admitir que o sistema tem problemas.
Na quarta-feira, o ministro da Justiça, Tarso Genro, chegou a dizer que o apagão - que deixou cerca de 100 milhões de pessoas sem luz - foi um "microproblema".
Tire suas dúvidas sobre os direitos do consumidor quando falta luz.
Quanto à explicação do governo para o problema, um raio que atingiu as linhas de transmissão, Barata não se compromete.
- Aconteceu o curto. Se foi uma descarga atmosférica que causou, em nenhum momento isso foi posicionado como certeza - afirmou.
Belo Monte
Nesta quinta-feira, o ministro afirmou ainda que a expectativa do governo é que o licenciamento prévio da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, no Pará, seja concedido pelo Ibama na próxima segunda-feira. O leilão da usina, que é o maior empreendimento do gênero em planejamento no mundo, está marcado para o dia 21 de dezembro.
- Ficou decidido que, segunda-feira, o Ministério do Meio Ambiente emitirá a licença prévia para a construção da usina de Belo Monte. Trata-se de uma iniciativa no sentido de conservar a segurança energética no país. Belo Monte é uma usina de 11.300 MW e será a terceira maior do mundo - afirmou.SOU MEIO LOUCA MAS TENHO VERGONHA DE CERTOS ACONTECIMENTOS COMO ESTE EM MEU PAÍS O BRASILLLL AFIIII QUE RAIVA  BJUSS MILL A TDS E BOA NOITE VALL /AVÍÃO