Pages

13 de mar de 2011

UMA MULHER/DEA


Uma Mulher

Uma Mulher
Uma mulher caminha nua pelo quarto

é lenta como a luz daquela estrela
é tão secreta uma mulher que ao vê-la
nua no quarto pouco se sabe dela

a cor da pele, dos pêlos, o cabelo
o modo de pisar, algumas marcas
a curva arredondada de suas ancas
a parte onde a carne é mais branca

uma mulher é feita de mistérios
tudo se esconde: os sonhos, as axilas,
a vagina
ela envelhece e esconde uma menina
que permanece onde ela está agora
o homem que descobre uma mulher
será sempre o primeiro a ver a aurora.

Bruna Lombardi

SEIOS DE VIRGEM/DEA

O que eu sonho noite e dia,
O que me dá poesia
E me torna a vida bela,
O que num brando roçar
Faz meu peito se agitar,
E o teu seio, donzela!


Oh! quem pintara o cetim
Desses limões de marfim,
Os leves cerúleos veios
Na brancura deslumbrante
E o tremido de teus seios?


Ouando os vejo, de paixão
Sinto pruridos na mão
De os apalpar e conter...
Sorriste do meu desejo?
Loucura! bastava um beijo
Para neles se morrer!



Álvares de Azevedo

FrêMITO DE MEU CORPO/DEA



Frémito do meu corpo a procurar-te,
Febre das minhas mãos na tua pele
Que cheira a âmbar, a baunilha e a mel,
Doido anseio dos meus braços a abraçar-te,
.
Olhos buscando os teus por toda a parte,
Sede de beijos, amargor de fel,
Estonteante fome, áspera e cruel,
Que nada existe que a mitigue e a farte!
.
E vejo-te tão longe! Sinto a tua alma
Junto da minha, uma lagoa calma,
A dizer-me, a cantar que me não amas...
.
E o meu coração que tu não sentes,
Vai boiando ao acaso das correntes,
Esquife negro sobre um mar de chamas...

Florbela Espanca

A FLOR DA PELE/DEA


À flor da pele

Piero Valmart

Vou deslizando meus dedos por essa estrada sedosa,
Em cada curva que passo, um odor, novas surpresas:
É tua pele macia, horizonte de belezas,
Delícias de minha vida, companheira, saborosa...

Em tua cútis, a boca rastejo, de sul a norte,
Provocando em cada pêlo um gostoso arrepio,
E sinto que te contorces como a gazela no cio,
E te envolvo, faminto, e te abraço bem forte...

Inexplicáveis momentos de ternura, de paixão,
De corpos embriagados, em transe de comoção,
Com gemidos e suspiros saltando à flor da pele...

E prossigo no caminho de mistérios tão infindos,
Amando teu ser completo, fitando teus olhos lindos,
Até que afinal, num beijo, meu prazer tua boca sele...

DESCONHEÇIDA/DEA


Desconhecida...
Um olhar sensual, de pantera no cio,
Trejeitos no andar, um sorriso macio,
E eu logo me deixo envolver feito louco.
Ao primeiro abraço, num toque sutil,
Vou despindo teu ser, meus desejos a mil,
E sou teu, me devoras, me tens só pra ti... pouco a pouco.

Quem és tu, donde vens, adorável pantera,
Mistura de anjo, de gata, de fera,
Que mistério é esse que me enfeitiça?
Enquanto teu corpo me aceita carente,
Me derreto em prazeres, deliciosamente,
No incêndio que esta fagulha atiça.

Piero Valmart

OBJETO DE AMOR/DEA


OBJETO DE AMOR

De tal ordem é
e tão precioso
o que devo dizer-lhes
que não
posso guardá-lo
sem a sensação
de um roubo:

Cú é lindo!

Fazei o que puderdes
com esta dádiva.
Quanto a mim
dou graças
pelo que agora sei
e, mais que perdôo,
Eu Amo !!!!.

Fragmentos de uma paixão!/DEA

Fragmentos de uma paixão!





Pedaços esfacelados de um coração dolorido e sofridos pela magoa tristeza e dor. Eis um coração que anseia pelo amor de uma grande paixão.
Queria que meu coração não tivesse passado por tantas coisas no inteirar da vida.
Que meu coração soubesse a verdadeira dimensão do que é amar e ser amada.
Queria que fosse outra visão de vida, sem magoas sofrida sem ausência de beijos carinhos e chamegos.
Que na procura da alma gêmea só tivesse dois corações. Com desejo e forças para viver. Que o passado não interviesse no nosso cotidiano e que as lagrimas que desceram de nossos olhos tenham sido gotas de esperança e saudade
Apenas isto
Que a esperança do amor não vivido brote em nossos corações em forma de paixão.
Queria outra vida. Em outro tempo.
Sem vestígios de amargura nem sofrimentos e dor. Só... O Amor.
Que o tempo passado aniquilasse todas as reservas de solidão. Seja apenas o tempo de viver e amar.
O tempo vida é o tempo de amor.
O seu e o meu tempo da felicidade!



Mary Cely