Pages

10 de dez de 2010

FRASES DE PERDÃO PRA ENCERRAR A NOITE:DEA




Frases de Perdão

Você quer ser feliz por um instante? Vingue-se! Você quer ser feliz para sempre? Perdoe! Tertuliano 

Não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. William Shakespeare   As maiores palavras de Cristo foram ditas logo antes de sua morte, quando perdoou os que o perseguiram, que não compreendiam o que estavam fazendo. Tolstoi 

Então Pedro aproximou-se e lhe disse: 'Senhor, quando o meu irmão cometer uma falta a meu respeito, quantas vezes lhe hei de perdoar? Até sete vezes?' Jesus lhe disse: 'Eu não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.' Mt 18:21,22 

Um dos segredos de uma vida frutífera é perdoar tudo, de todos, todas as noites, antes de dormir. Anônimo 

Perdoar é encontrar de novo um bem perdido - o contrário, um suicídio prolongado. Johann Christoph Friedrich von Schiller 

Quem perdoa não deve reportar-se à dívida que foi liquidada, sob pena de abrir nova ferida no coração daquele que se lhe fez devedor. Anônimo 

Conhecer as dificuldades dos outros é perdoar. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi 

Aquele que perdoa deve ser o mais perdoado. A. Purnell Bailey 

O perdão não é um dever, porém uma esmola que se faz à consciência culpada, e tanto basta para o desempenho da caridade cristã. Machado de Assis 

DEIXE SUAS RAIVAS SECAREM ,QUEM SABE SE AO LER ESTE MEU POST ALGUEM QUE HJ DIZ ESTAR COM RAIVA/MAGOADO/ REFLITA MELHOR E COMEÇE DE VERDADE A EXERCITAR A FÉ E AS PALAVRAS QUE ELE DIZ TER EM "DEUS"!!! :DEA



Deixe a raiva secar


Mariana ficou toda feliz porque ganhou de presente um joguinho de chá, todo azulzinho, com bolinhas amarelas. No dia seguinte, Julia sua amiguinha, veio bem cedo convida-la para brincar. 

Mariana não podia porque ia sair com sua mãe naquela manha. Julia, então, pediu a coleguinha que lhe emprestasse o seu conjuntinho de chá para que ela pudesse brincar sozinha na garagem do prédio. 

Mariana não queria emprestar, mas, com a insistência da amiga, resolveu ceder, fazendo questão de demonstrar todo o seu ciúme pôr aquele brinquedo tão especial. 

Ao regressar do passeio, Mariana ficou chocada ao ver o seu conjuntinho de chá jogado no chão. Faltavam algumas xícaras e a bandejinha estava toda quebrada. 

Chorando e muito nervosa, Mariana desabafou: Esta vendo, mamãe, o que a Julia fez comigo? 

Emprestei o meu brinquedo, ela estragou tudo e ainda deixou jogado no chão. Totalmente descontrolada, Mariana queria, porque queria, ir ao apartamento de Julia pedir explicações. Mas a mamãe, com muito carinho, ponderou: 

- Filhinha, lembra daquele dia quando você saiu com seu vestido novo todo branquinho e um carro, passando, jogou lama em sua roupa? 

Ao chegar a sua casa você queria lavar imediatamente aquela sujeira, mas a vovó não deixou. 

Você lembra do que a vovó falou? Ela falou que era para deixar o barro secar primeiro. Depois ficava mais fácil limpar. Pois e, minha filha! Com a raiva e a mesma coisa. 

Deixa a raiva secar primeiro. Depois fica bem mais fácil resolver tudo. Mariana não entendeu muito bem, mas resolveu ir para a sala ver televisão. 

Logo depois alguém tocou a campainha. Era Julia, toda sem graça, com um embrulho na mão. Sem que houvesse tempo para qualquer pergunta, ela foi falando: 

- Mariana, sabe aquele menino mau da outra rua que fica correndo atras da gente? 

Ele veio querendo brincar comigo e eu não deixei. Ai ele ficou bravo e estragou o brinquedo que você havia me emprestado. 

Quando eu contei para a mamãe ela ficou preocupada e foi correndo comprar outro brinquedo igualzinho para você. Espero que você não fique com raiva de mim. 

Não foi minha culpa. 

Não tem problema, disse Mariana, minha raiva ja secou. E, tomando a sua coleguinha pela mão, levou-a para o quarto para contar historia do vestido novo que havia sujado de barro. 

NÃO ME PREOCUPO :DEA

NÃO ME PREOCUPO EM ME ENTENDER ,NEM QUE ALGUM DE VCS ME ENTENDAM,EU VIVO E PROCURO VIVER E ULTRAPASSO QUALQUER ENTENDIMENTO DE MIM MESMA,SOU SIMPLESMENTE "EU" COMPLICADA E CHEIA MAS CHEIA MESMO DE DEFEITOS ,MESMO ASSIM NÃO POSSO DEIXAR DE CRER EM MIM E NAS MINHAS AMIZADES O QUE TALVEZ POR EU ME ENTREGAR DE MAIS A ESTAS AMIZADES EU SOFRA TANTOO coração tem status de simbolo do amor. Mas os verdadeiros culpados são o cérebro, os feromônios, a dopamina e outras coisinhas que, cá entre nós, você nunca vai desenhar num cartão romântico.   , :DÉA

ARRUMANDO MINHAS GAVETAS QUEM SABE ASSIM DEPOIS DE ARRUMANDAS EU ENCONTRE A "PAZ " :DEA


Arrume suas gavetas


Arrume suas gavetas 

Uma vez li alguma coisa a respeito de uma garota que pedia para a sua avó a solução de um problema grave. A avó disse: "suba, arrume suas gavetas e após fazer isso você terá a solução". 

Experimentei perguntar para as pessoas mais velhas se realmente existe uma conexão e perguntei certa vez para a minha avó o que tinha a ver a gaveta com os problemas e ela muito sabiamente me falou que a gaveta desarrumada é o espelho da vida, então toda vez que você está com alguma coisa bagunçada, alguma área de sua vida manifesta bagunça. Toda vez que você está com alguma coisa desorganizada, essa desorganização se reflete na sua vida. 

Lembre: você é um reflexo de Deus, um reflexo do universo. Você tem um mundo dentro de si. Sua casa é um reflexo de seus estados emocionais. Se você tem dentro de si reflexo do mundo, quando está desorganizado interiormente, manifesta isto exteriormente. 

Quando essa manifestação exterior veio antes, você pode reorganizar o seu mundo interno mostrando simbolicamente que está arrumando externamente. 

O universo funciona assim: o que está dentro está fora. O que está em cima está embaixo. O que está de um lado está de outro. Então se você lembrar sempre que pode influenciar o interior com o exterior e vice-versa, você tem a chave para a organização total. 

No momento em que você limpa a sua gaveta e joga fora aquilo que não presta, está reprogramando simbolicamente o seu interior. É uma das melhores chaves para conseguir serenidade e respostas para problemas muito difíceis. Aproveite este começo de ano, e arrume suas gavetas. Com certeza vai ajudar você a encontrar solução para muitos de seus problemas. 

Autor desconhecido 

RESPOSTA A UMA CERTA FRASE DO DIA >Como uma pessoa que não se dá ao respeito, vai respeitar os outros?:EU ME RESPEITO SIM POR ISSO AINDA GOSTO E RESPEITO TU E TUAS OPINIOES MESMO SENDO TDS ELAS CHEIAS DE MAGOAS E RANCORES:DEA


o respeito próprio não pode ser perseguido.
Não pode ser comprado. Nunca está à venda. Não pode ser
fabricado. Chega a nós quando estamos sós, em momentos
tranquilos, em lugares quietos, quando nos damos conta de
que ao conhecer o bem, nós o praticamos; conhecendo o que é
belo, nós o servimos; conhecendo a verdade, nós a
proclamamos."

RESPOSTA SOBRE MEU RESPEITO PROPRIO ,TALVEZ MINHA FT DE RESPEITO POR MIM SEJA EM PRÓL DE AINDA SENTIR IMENSO RESPEITO POR TU E PELA PESSOA QUE AINDA CREIO QUE TU É E NÃO O MONSTRO DESTE POST CAPITÃO GANCHO:DÉA



TOLERÂNCIA

TOLERÂNCIA

Tolerância. Ah... como é difícil colocar em prática a essência dessa palavra.Por que é tão difícil tolerar que alguém entre na frente de nosso carro no trânsito? Por que é tão difícil tolerar quando alguém comete um engano? Tolerar as características de quem convive conosco. Tolerar um atraso. Um esquecimento. Um erro. Tolerar as diferenças. Tolerar as frustrações. Tolerar as falhas humanas. Tolerar a nós mesmos.Pense nisso por um instante. Pense na sua intolerância. Se não souber do que estou falando, preste atenção naquelas vezes em que uma mínima ação do outro despertou um monstro assassino em você. Algo tem que estar errado nisso! Será que a ação do outro era assim tão grave?Muitos de nós parecemos bombas-relógio prestes a explodir. Por onde andamos somos perseguidos por um tique-taque infernal, o que me faz lembrar do Capitão Gancho. Só que, diferente daquele homem barbudo, "horrível e mau", nos identificamos com os "mocinhos". (Você já pensou que talvez o Capitão Gancho também achasse que Peter Pan fosse o vilão da estória?).Vou lhe dizer uma coisa. Dói muito quando percebemos que carregamos um vilão dentro de nós. Dói perceber que agredimos e ferimos aos outros porque somos ignorantes ao nosso próprio respeito. Dói perceber que temos uma dificuldade enorme em olhar para o espelho e ver o reflexo do monstro adormecido dentro de nós.Mas enquanto não formos corajosos o suficiente para fazer isso, continuaremos por aí agindo como granadas humanas. Basta que alguém distraído puxe o tal pininho e... bummmmmm... explodimos! E justificamos a explosão com uma elaborada rede de argumentos racionalmente plausíveis. A nossa mente pode justificar qualquer coisa, até mesmo uma explosão. E, na distorcida lógica da mente, a culpa é sempre do outro.Para que você seja capaz de ter tolerância, é preciso ir além da mente. É preciso que você recupere o acesso ao seu coração. Anda faltando amor em nossas vidas.Eu convido você a exercitar essa palavra em sua vida.- Tolerar quando alguém intolerante "esquece a mão na buzina", porque você se distraiu e perdeu o tempo do semáforo.- Tolerar quando perceber que alguém que você ama está irritado.- Tolerar seu próprio mau humor e se lembrar que todos acordam mau humorados de vez em quando.Não quero propor nesse artigo que você tolere abusos ou atos agressivos contra você ou alguém. É claro que muitas coisas não devem ser toleradas e eu conto aqui com o seu bom senso.Mas o que eu penso é que, de verdade, andamos intolerantes demais! Basta uma atitude do outro ("interpretada" por nós como provocativa) e já nos perdemos de nós mesmos e entramos naquela mesma sintonia destrituva. É disso que estou falando. Da nossa incapacidade de nos mantermos em uma sintonia de paz. Da nossa incapacidade de compreender que algumas coisas não nos pertencem.Ouça: A irritação do outro não lhe pertence! A agressividade do outro não lhe pertence.Por que nos conectarmos com o que não é nosso? Deixe com o outro o que é do outro. Você não precisa entrar na mesma sintonia. Isso tem a ver com tolerância.Ao praticar a tolerância, talvez você comece a semear paz ao seu redor. Talvez isso comece como um pequeno jardim, pequenas flores brancas surgindo aqui e ali... mas não despreze seu potencial transformador. Perceba que todos nós somos como prismas multifacetados. Ao praticar a tolerância você estará emitindo inúmeros reflexos dessa qualidade ao seu redor e então, quase magicamente, talvez você comece a perceber que as pessoas à sua volta começam a se tornar tolerantes também. E assim se cria um espaço no qual se estabelecem relações mais respeitosas e harmoniosas.Acredite. Você precisa muito de paz. Meu convite: exercite a tolerância. Nem que seja só por uma hora... Depois vá expandindo. Um dia... uma semana.Observe as transformações que esse simples exercício pode efetuar em sua vida!
Patrícia Gebrim:BAY DEA