Pages

3 de jul de 2010

“Chegou-me na Primavera
  Trazia flores tão belas...
Nos olhos, todo o fulgor
  Na boca, declarações de amor...

Não cumpriu o que prometeu
  Sonhos deixados para trás
Parecia presente de Deus
Mas era obra de satanás.

“Nem tudo o que reluz é ouro”
O coração é um tesouro
Devemos ter mais cuidado 

Depois de saciado, o cordeiro vira fera
Cai a máscara, revela-se...
Falso brilho das trevas.” (Rose Felliciano)

0 comentários:

Postar um comentário