Pages

3 de jul de 2010

Carta de despedida
L. Morais

Te amo o suficiente para te deixar livre.
Te amo como jamais amei alguém, um
amor assim não bate duas vezes em nossa
porta, só espero que você não perceba
isso tarde demais. Desejo a você muitas 
alegrias e que encontre alguém para se
apaixonar e quando isso acontecer, se 
entregue de corpo e alma, sem medos,
sem tentar prever se vai dar certo ou errado, 
sem colocar o amor numa balança. O amor
não é um negócio e tão-pouco foi feito
para ser entendido, e sim, para ser vivido
em toda sua plenitude. Ficar sozinho é bom,
mas ter alguém para dividir suas tristezas e 
alegrias é muito melhor. Não deixa seus 
medos comandarem sua vida, não deixe de 
viver um amor, é melhor tentar algo e saber
que não deu certo do que viver imaginando
como seria se tivesse tentado.
Você sempre será meu gatinho "meu  mala
preferido", sempre vou te amar mas não posso
deixar seu medo de ser feliz acabar com minha 
alegria de viver.

0 comentários:

Postar um comentário