Pages

21 de fev de 2011

Escrito por Delírios de Poeta/Quanta pedreira a gente enfrentou/DEA

Quanta pedreira a gente enfrentou
Por quantos becos a gente passou
E mesmo assim o amor está grudado

Foi tanto mato que a gente lenhou
E as curvas que a gente derrapou
E mesmo assim o amor está grudado

Brigas e ciúmes
Ventos, temporais
Esse amor resiste a tudo
E muito mais
É absoluto nosso sentimento
É especial a nossa intimidade
Nós sabemos tudo de felicidade
A gente faz amor até em pensamento

Enquanto eu tiver vida a vida assim será
Todo dia um arco-íris de prazer
No planeta Terra ninguém vai achar
Dois apaixonados feito eu e você.

(Autores: Zé Henrique e Ivan Medeiros)

http://deliriosdepoeta.zip.net/

Escrito por Delírios de Poeta

0 comentários:

Postar um comentário