Pages

5 de fev de 2011

Alberto Leal Medeiros DEUSA HUMANA /dea

Deusa Humana

Nunca a toquei, nem mesmo a vi,
Mas posso imaginá-la flutuando entre os mortais,
Deusa humana, cuja luz invisível posso sentir.

Sua luz me indica um caminho desconhecido, fascinante e libertador,
Por onde deverei seguir em busca de seu amor.

Lá chegando, terei meu maior desafio,
Não poderei cegar diante de ti,
Desafiarei as trevas e verei além da sua luz.

Por fim, se realmente forem fortes meus sentimentos,
Terei o poder de ver seu lado humano,
Cujo amor verdadeiro e intocável,
Finalmente será alcançado.

0 comentários:

Postar um comentário