Pages

4 de jun de 2010

ORAÇÃO À MINHA MÃE: poema postado ,por marcos cesar santos de vasconcelos

ORAÇÃO À MINHA MÃE


 ORAÇÃO À MINHA MÃE
Uma dor pungente,
chega de forma abrupta
machucando a alma da gente.

Dor da perda, da dor que sente
A falta daquele ente que não teremos mais
Daqui pra frente!
Minha querida mãe,
sempre tão pura, hoje tão doente
Peço a Deus que visite o seu leito,
que povoe sua mente, com as suas doces
lembranças,
Lembranças de quem pressente,
que está chegando a hora de se tornar ausente.
Ausente da matéria crua,
Da insensatez nua,
De um corpo que hospedou por quase um século
Essa alma tão pura.
Se tiveres que ir, vá minha santa
Que Deus te receberá com sua manta
Manta de amor, da paz que você irradiou
Das vidas que formou
de tudo que nos ensinou.

Brasília, 19/11/2008 - Estou perdendo minha mãe
marcos cesar santos de vasconcelos
19/11/2008

4 comentários:

Anônimo disse...

O Poeta foi perfeito! Expos e transcendeu a sua alma na afirmacao de um amor sem limites.
Filhos! Sigem esse exemplo de um amor sofrido pela perda da pessoa mais importante do mundo, aquela que nos concebeu.
Eu queria saber se o escritor tem obras publicadas. Esse e` o poeta perfeito!

Anônimo disse...

Poema lírico, abundante de amor.

Anônimo disse...

Que poema triste e lindo! que alma perfeita do poeta. Parabéns ao site por postá-la.

FILOSOFIA E DIREITO disse...

www.jusquantum,blogspot.com

Lá existe um artigo sobre a polêmica do aborto. sugiro sua leitura. um abraço

Postar um comentário