Pages

15 de mar de 2011

Entre o amor e o tesão (Marly Caldas) /DEA


Entre o amor e o tesão

(Marly Caldas)

Nunca me apaixono!

Fico entre o amor e o tesão

A paixão é loucura

Que machuca e magoa

E às vezes nem tem cura

É só perdição!

Gosto de sentir tesão

Deitar e rolar

Numa grande confusão

Rasgar roupas

Desarrumar camas

Suar corpos

Me satisfazer

Até cansar ou não

Ou

Gosto de sentir amor

Ouvir de amor uma declaração

Receber flores e ganhar poema

Ouvir juntos uma canção!

Segurar sua mão!

Namorar numa noite enluarada

Beijar debaixo de uma chuvarada

Ficar enamorada

Meio abobalhada!

Por essa e não outra razão

Escolho sempre o amor ou o tesão

Mais jamais a paixão!

0 comentários:

Postar um comentário