Pages

5 de jul de 2010

O AVESSO DA FANTASIA

O AVESSO DA FANTASIA Olympia Salete Rodrigues (Sal) Lembro das histórias infantis cheias de fantasias. Meninas adormecidas despertadas por príncipes sempre montados em cavalos alados. O sapo de cara feia que a princesa beijou se tornou, de repente, um príncipe encantado. As histórias ouvia, mas não acreditava. Somente caçoava e ria... ria... ria... Quando cresci encontrei os príncipes sonhados, que não tinham cavalos, mas tinham carros, motos. E mesmo que não tivessem nenhuma condução, nunca me faltavam no portão. Um dia te encontrei e logo pressenti que eras o MEU encantado. Te olhei, te convidei, te fiz meu namorado. Me tomaste nos braços, me abraçaste apertado, sorrindo e seduzindo com teu jeitinho guapo. Mas, quando te beijei me espantei com o que vi: tinhas virado um sapo. Matei, então, todos os sonhos e nunca mais sorri... Fale Comigo

0 comentários:

Postar um comentário