Pages

5 de mai de 2011

SÓ SEXO SEM COMPROMISSOS ,.... !!! DEA



Não preciso dizer o que quero Sei o que você quer Temos o mesmo desejo... a mesma tara O tesão toma conta do nosso corpo Quero sexo... só sexo, sem compromisso Quero você na minha cama... nua Quero sentir seu calor Desejo o seu corpo como nunca Suas curvas, seu beijo, seu gosto Vamos delirar... delirar de prazer Vamos gozar... como nunca gozamos Quero te ver gozar, te ouvir gemer Quero sexo sem compromisso com você!, Quando estamos a sós, quando teu corpo enlaço e mergulho meu rosto em teus cabelos soltos, por Deus, nem sei o que sinto, o que faço. Há em mim a confusão de desejos revoltos tendo os lábios aos teus longamente apertados, misturo em nossa boca a nossa própria vida, e ao te sentir pesar em meus braços vencida, o mundo é um caos que gira em meus olhos cerrados. Quando encontro em meu corpo o teu corpo macio, os seios soltos, nus, frimindo no meu peito. Abraço-te numa ânsia e depois que te estreito, sou como um tronco em queda a soltar-se num rio. Eu te quero, te quero e te desejo. Esse amor que me dás é uma alucinação que cega os meus sentidos. Meus braços te enlaçando querem sempre mais, até que nossos corpos rolem confundidos... Não há nada no mundo, eu junto a ti sou, sou franco, desprezo todos os tesouros para poder beijar o teu pescoço, desmanchar com as mãos os teus cabelos. Sou teu, cobre-me de carícias que me sinto nú, e aperta-me a teu peito que em teus braços morro. Te quero...

0 comentários:

Postar um comentário