Pages

17 de mai de 2011

ESCULPINDO DESEJOS .... /DEA


ESCULPINDO DESEJOS


ESCULPINDO DESEJOS

Pela bela me declino aos pés

Com as mãos que embeleza o olhar,

Toque que nasce da fé

Na planta que torna meu guia

Construindo muitos desejar

toda sua tesão que esvaia

modelo o calor da bela

na magia que emana das palmas

dedilho pela trilha macia

o encontro de nossas almas

a sentir- ser doce eterna

numa coreografia que aquece

o toque da intensidade terna

esculpo a união das animas

mãos no namoro com as pernas

suas imaginações aparece

como tango sensual latino

Por um bom beijo fica aquecida

corpos reverberam como sino

movimentos que busca o querer

nesse calor que a torna atrevida

celebramos com um bom vinho

arrepio provocado pelo lamber

Toque que germina o que Atino

Mãos que buscam o nosso ser

Intensões quereres ávidos

Sem vir o tempo passar

Meu corpo todo servindo

a poesia da graça do amar.

Corpos e vontades de ter

A boca em todos seus lábios



SÉRGIO CUMINO

0 comentários:

Postar um comentário