Pages

3 de mar de 2011

À imensidão azul/DEA


Ana C. Pozzaé

À imensidão azul

Num instante,
Como num passe de mágica,
Estamos frente à imensidão azul do mar,
Andando juntos,
De mãos atadas,
Com intervalos de beijos selados,
Nos lábios e no coração...!

Como na magia de um belo sonho,
Torno-me inteira como tu és
E ainda continuo sendo eu
Oferecendo-lhe o meu coração...
Tu confundes o teu corpo com o meu
Num entrelace de vida e de paixão...!

Há o mar,
a areia,
os morros,
o sol...
E há
nós
dois.

Cerramos os olhos
E a chuva cai...
Pingos incessantes que nos fazem
Ser Água,
ser Desejo,
ser Amor...

Nos amamos com sofreguidão
E somos um só
Na alma,
no corpo,
no coração...

Quando eu me perco
Me encontro no teu olhar
Para logo me perder no teu tocar...!

Olhos nos olhos,
Boca com boca,
Pele com pele
Corpo no corpo!

A água do mar,
Os pingos dançando
E nós dois apaixonados a nos amar...!

0 comentários:

Postar um comentário