Pages

18 de fev de 2011

Me ama (poesia erótica)/DEA

Me ama (poesia erótica)

Encara meus olhos
e chega mais perto.
Encosta em meu corpo
teu membro ereto.

Arrepia minha nuca
com o ar de tua boca.
Arranha a minha carne
e me tira a roupa.

Beija meus lábios,
me percorre com a língua,
quero sentir tua pele
saber que estou viva.

Me puxa, me empurra,
me amarra, me surra.
Me prende, me ata
e penetra-me a mata.

Acelera o ritmo,
me faz cavalgar.
Me faz pedir mais,
até eu gozar.

0 comentários:

Postar um comentário