Pages

12 de fev de 2011

AO SOM DA NOITE/DEA

Ao som da noite

Autoria: André Carreiro

Uma casca de banana na vagirnia,
contem um himen mas já tá que até pia.

Uma casca de latinha para o seu jorge,
darinha dá dá dá,dá tanto que fica perdida.

Se cruzam,entrelaçam,beijam,trocas de sentimentos a noite pelo ar.

pernas sobem,pernas descem,
braços vao e voltam,
boca beija e recebe beijo.

toca ao ser tocado,
penetra adentro e sente rosado,
grita ao vento,como um grande agrado,
se enche de gozo por todos os lados,
um suspiro de alegria ao fim,
dá o toque de elegancio por fim.

0 comentários:

Postar um comentário