Pages

9 de dez de 2010

DO OUTRO LADO DO COMPUTADOR:DEA


Do outro lado DO COMPUTADOR
existem medos, revoltas
num teatro pintado a branco
onde as cores escuras
prevalecem
e nos rostos envelhecidos
pelo pavor,
encontro incógnitas.

Ofereço-me anestesiada
de sorriso rasgado,
disfarçando dor fragmentada.

Nas névoas da esperança
recebo de ti olhar puro
que é nada
aquilo que te dou.

Nesta pauta o dó de mim
reflecte o sol
do teu sorriso
numa recompensa
ímpar…


Rosa Maria Anselmo

0 comentários:

Postar um comentário