Pages

15 de ago de 2011

QUANDO VEJO....!!!/DEA

"Ouando os vejo, de paixão
Sinto pruridos na mão
De os apalpar e conter...
Sorriste do meu desejo?
Loucura! bastava um beijo
Para neles se morrer!"

(Álvaro de Azevedo)
Com as mãos em concha
Acolhe meus seios
Acaricia-os com os dedos
Saboreia-os com a língua
Faminto!
Entre seus lábios
Os bicos enrijecem
O prazer já me entorpece...
Suga-os, delirante!
Arrepios percorrem meu corpo
Seguro seu rosto
Beijo-te a boca
Nossas línguas duelam
Te peço:
Faça-me mulher!
Doce Tentação

0 comentários:

Postar um comentário