Pages

4 de ago de 2010

FANTASIAS DE UM AMOR QUE TALVEZ NUNCA EXISTIU :DÉA ROS



FOTOS : FERNANDINHA
SEMPRE A FANTASIAR, SONHAR, EU VOU...
E PARA ONDE, AMOR ? INDA NÃO SEI...
QUIMERA, FANTASIA, AMOR EU SOU !
FRESCO ORVALHO, UM ENCANTO MAGO EU DEI...
IREI TALVEZ VOGAR NO QUE PASSOU...
RECORDAR MUITOS SONHOS QUE CALEI !
VIVER, SEM DESDENHAR, O QUE RESTOU,
VOTAR AO ESQUECIMENTO O QUE PENEI !
VIRÁS COMIGO AO ENTARDECER
NUM SERENO E SUAVE ENLANGUESCER
BEBER O PÔR DO SOL E O AZUL DO MAR ?
VEM !JÁ MERGULHA O SOL NO OCEANO !
SUAVE, AO LONGE, O TOQUE DUM PIANO
QUE NOS ENLEVA E FAZ EXTAZIAR
-----------------------
SONETO : FERNANDINHA

0 comentários:

Postar um comentário